Alubar celebra compromisso de carga com projeto da Ferrovia Paraense - PARÁ 2030
25119
post-template-default,single,single-post,postid-25119,single-format-standard,tribe-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.2.1,menu-animation-underline,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Alubar celebra compromisso de carga com projeto da Ferrovia Paraense

A Alubar Metais e Cabos S.A é a mais nova empresa a assumir compromisso de carga com o projeto da Ferrovia Paraense, conduzido pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme). A garantia de carga é um dos pilares de um projeto ferroviário, contudo o empreendimento fará também o transporte de passageiros de Norte a Sul do Pará.

A Alubar transportará sua carga a partir da sua indústria em Barcarena pela Ferrovia Paraense conectando com a Ferrovia Norte Sul em Açailândia e sendo direcionada por esta ferrovia até entregar seus produtos para seus clientes em São Paulo.

Dos 9 compromissos de cargas já assinados, este é o segundo que deverá utilizar a Ferrovia Norte Sul até o Sudeste brasileiro.

O processo de licenciamento ambiental do projeto ferroviário está sob responsabilidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), que se prepara para realizar audiências públicas nas próximas semanas.

‘’A Ferrovia Paraense se apresenta como solução logística à localização geográfica estratégica do Pará’’, observou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Adnan Demachki.

O Diretor do grupo industrial, Maurício Gouvêa dos Santos, se comprometeu junto a Adnan Demachki a transportar na malha ferroviária do Pará, cargas de insumos e demais produtos, num total de cerca de 25 mil toneladas ao ano, quando o empreendimento, óbvio, estiver em operação. Ele assinou o Termo de Compromisso com o Governo do Pará no dia 30 de outubro passado.

O Pará está mais próximo de mercados como os da Europa, América do Norte, Ásia e Oriente Médio, que qualquer outro ente da Federação Brasileira. Os Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), do projeto da Ferrovia Paraense, foram concluídos e aprovados.

O traçado ferroviário tem 1.312 km de extensão, passando por 23 municípios interligando o extremo sul do Pará até o Porto em Barcarena, região que mais produz no Estado, mas também atenderá as cargas do nordeste do Mato Grosso e permitirá, com a conexão com a Ferrovia Norte Sul, que haja transporte do centro Sul brasileiro até Barcarena e vice versa, caso deste último protocolo recém assinado.

Texto: Ascom/Sedeme. Fotos: Agência Pará.

1Coméntario
  • Wellington Barros

    15 de novembro de 2017 em 15:27 Responder

    A ALUBAR METAIS E CABOS é uma empresa que sempre manteve o compromisso com a região, valorizando a mão de obra local e a excelência de qualidade nos seus produtos, que levam o nome do Pará cada vez mais longe.
    Parabéns ALUBAR METAIS E CABOS pela parceria firmada e por acreditar em um futuro melhor para o nosso estado

Publicar um comentário