PARÁ 2030 | Governo apresenta Pará 2030 em Moju
24742
single,single-post,postid-24742,single-format-standard,tribe-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.2.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
Moju-11-1

Governo apresenta Pará 2030 em Moju

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME), Adnan Demachki, esteve na tarde dessa quarta-feira, 19, em Moju, para a apresentação do Programa Pará 2030, com a palestra “Estratégias para o Desenvolvimento Sustentável”. O evento foi realizado no auditório da Universidade Estadual do Pará, às 17 horas, e foi aberto a políticos, empresários, acadêmicos e à população em geral.

Estiveram presentes no evento o prefeito de Moju, Deodoro “Ieié” Pantoja; o presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Daniel Lopes; o diretor de Desenvolvimento da Indústria da SEDEME, Sérgio Menezes; a diretora da Secretaria de Estado de Turismo (SETUR), Fátima Gonçalves; do gerente de relações institucionais da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (CODEC), Ricardo Carneiro; do diretor da Federação de Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), Julival Davi Ferreira; além de representantes do setor produtivo de Moju.

Moju (8)

“Um dos principais desafios do Pará 2030 é implementar as políticas públicas previstas no programa para que tenhamos o crescimento dos níveis de produção e industrialização no Estado. Moju é um dos celeiros paraenses com sua agrícola, de açaí, palma, surgindo plantios de soja, e o nosso papel, enquanto governo, é incentivar o crescimento em áreas já abertas e a verticalização dessa produção”, afirmou o secretário de desenvolvimento econômico. “O Pará 2030 está em pleno andamento, em fase de implementação das ações do projeto, ainda assim é um projeto dinâmico e constantemente aberto para sugestões da sociedade”, completou Demachki.

Para o prefeito de Moju, “O programa vem fortalecer os municípios paraenses. Precisamos produzir e o Pará 2030 vem para fortalecer essa ideia. Aqui em Moju a força está no agronegócio é é importante essa verticalização para beneficiar a população” disse Ieié.

Moju (5)

Empresário do setor florestal, Clóvis Luiz Dallagnol comentou sobre a palestra e a ida do secretário de estado a Moju. “Particularmente, conhecia pouco do Pará 2030. Portanto, foi muito importante a presença do Adnan aqui para nós esclarecer e deixar claro o que o Governo do Pará pretende para fazer o estado voltar a crescer. Eu fiquei muito satisfeito com esse momento aqui”.

Durante o evento, o Governo do Estado, através do presidente do Iterpa, entregou títulos de terras regularizadas a produtores da zona rural de Moju.

Antes do evento, o secretário de desenvolvimento econômico visitou alguns projetos em andamento no município, como as obras de restauração do mercado local e a construção da estação de tratamento de água. Adnan Demachki também visitou as instalações da fábrica de fécula de mandioca, que está fechada há alguns anos e a Sedeme criou em conjunto com a prefeitura uma força tarefa para viabilizar a reabertura da indústria.

Moju (14)

Programa – O Pará 2030 apresenta as iniciativas tomadas pelo Governo do Estado para, em 15 anos, promover o desenvolvimento da economia e, com isso, melhorar a condição de vida dos paraenses. “Hoje, o PIB per capita do paraense é pouco mais da metade da média nacional. O esforço tem que ser coletivo, dos órgãos oficiais aos empresários e à sociedade, para chegar à média nacional”, afirmou o secretário. Hoje, o PIB per capita do Pará é de R$ 15,2 mil, ao passo que a média nacional é de R$ 26,5 mil.

Nenhum Comentário

Publicar um comentário